Home » Notícias

Atualizado em 10/04/2012 às 14:14

Nova Suspeita de Aftosa no Paraguai

O governo do Paraguai bloqueou, por suspeita de aftosa, uma fazenda de gado bovino no departamento de San Pedro, apenas três meses depois da confirmação de um foco na mesma região.


 "Nossos técnicos verificaram a denúncia do pecuarista Gustavo Trugger sobre a enfermidade, que estaria afetando 170 dos 194 animais de sua fazenda. Mas encontramos apenas 114 bovinos no lugar", explicou Daniel Rojas, diretor do escritório estatal de Saúde Animal do Paraguai (Senacsa).

A propriedade de Trugger encontra-se no distrito Piri Pukú, na periferia de San Pedro, capital do departamento de mesmo nome localizado a 340 quilômetros de Assunção. Rojas especificou que em dois dias sairia o resultado oficial dos exames de sangue dos animais de Trugger, mas ontem já havia notícias de que esses resultados eram positivos. "Mas queremos esclarecer que o mercado internacional está recebendo carne paraguaia de outras regiões produtoras, menos das fazendas de San Pedro", afirmou o funcionário do governo.

Rojas disse que, na semana passada, foi concluída a "revacinação" de 500 mil bovinos pertencentes a 4.500 produtores do departamento de San Pedro. "Constatamos que cerca de 300 pecuaristas não estavam agindo conforme o padrão do sistema sanitário do governo. Por isso, cremos que houve alguma falha na vacinação que não é feita diretamente pelo governo, mas por uma comissão formada pelos próprios pecuaristas", disse Rojas.

Em setembro, cerca de 820 bovinos foram sacrificados por meio de "abate sanitário" em uma fazenda em San Pedro devido à aftosa.


Fonte: (AP, de Assunção - Valor Econômico)
Compartilhe:


Mais sobre Notícias:



Páginas: 123


Home | A Região | Aprova | Projetos | Eventos | Associados | Notícias | Artigos | Classificados | Galeria de fotos | Vídeos | Parceiros | Fale Conosco
   © 2018 - Associação dos Produtores do Vale do Araguaia | Todos os direitos Reservados. Produzido por Web Criações