Home » Artigos

Atualizado em 25/11/2013 às 15:15

NOTÍCIAS DO FRONT: "Saci de Patinete"

 

Saci de patinete (Edição de 24/nov/13 a 30/nov/13)

Por  em 24 de novembro de 2013

NOTÍCIAS DO FRONT

A pecuária Goiana e Brasileira em uma visão de curto, médio e longo prazo, escrita por quem a vive e precisa de repostas imediatas (Edição de 24/nov/13 a 30/nov/13)

Ao nosso inigualável exército de iguais,

Há alguns textos estamos frisando a perspectiva estável com viés de leve/moderada alta para o boi gordo. Isto vem se tornando realidade. Vamos ver abaixo esta situação em números.

Antes disto, porém, devo dizer que esta situação do mercado foi traduzida com toda a “propriedade sertaneja” do mundo pelo nosso companheiro de mercado Ricardo Heise no título deste. A ele, portanto, os devidos méritos.

Enquanto isto, o que fazer? Nossa sugestão: é hora de afinar o instrumento! Vamos aos acordes, então.

1)      Como está o nosso teto (SP/MS)?

Mais uma semana de “alta de pluma”: o indicador BMF da arroba de SP à vista iniciou a semana passada em R$ 108,59 (de R$ 107,00 a R$ 110,00) e acabou em R$ 108,89 (de R$ 107,75 a R$ 110,00).

A novidade aqui foi a mínima, que deu um salto na sexta e “salvou a pátria” da alta da semana, pois ela até quinta, a semana vinha em leve queda.

Na prática do mercado, os preços de SP ocorrem entre o R$ 107 a R$ 109 av para o boi comum. O boi EU tem ágio de +1 ou +2/@, tendo a sua máxima em R$ 110 av.

As escalas estão entre os dias 29/nov a 03/dez, sem nenhum desespero para comprador de boi, tudo tranquilo por ora.

No MS, a prática do mercado aponta para o preço de R$ 104 a R$ 105av, com escalas entre os dias 27 a 29, um pouco menores portanto que SP, pois ainda há espaço para dentro da semana que se inicia.

Com tudo isto, obtivemos, portanto, a 3ª semana da alta da arroba e a manutenção do status do BEEFRADAR em: “estabilidade(80%)/alta leve(20%)”.

2)      E aqui, na terra do pequi?

Semana boa. Temos novidades positivas. Parece que o balcão caminha para o preço de R$ 100av x R$ 102ap, sendo que houve um negócio pontual de R$ 102av para um frigorífico em específico.

O Cepea também captou este nível de preço e mostra o R$ 104ap como o melhor preço do estado, região de Goiânia… Olha o saco do Papai Noel vindo cheio de pequi, goianada sem cabelo no peito!!!

Na sexta, as escalas estavam entre 4 e 9 dias, ou seja, entre 28/nov e 04/dez, bem alinhados com os demais estados já citados aqui.

Desta forma, o boi de GO deu uma “chegadinha para as bandas de onde está a @ paulista” e o diferencial de base esta semana ficou em -6,90% ou –R$7,21/@. Vale lembrar que o menor diferencial entre GO e SP este ano foi de –R$6,33/@. Não estamos muito longe, portanto. Vamos acompanhar de perto isto.

Já o diferencial de vaca x boi segue estacionado ao redor de -5%. Isto é bom. Com isto, mantemos o status do BEEFRADAR em: “estabilidade(80%)/alta leve (20%)”.

3)      Hora do quilo (para “refrescar a cuca”): aqui, hoje, um convite… Favor programarem em sua agenda, pois foi confirmada apresentação desta dupla sertaneja que vos fala semanalmente neste veículo*, no evento BeefSummitBrasil, do Beefpoint, nas datas de 10 e 11/dez, em Ribeirão Preto-SP. Veja mais no link: sites.beefpoint.com.br/summit

*Rodrigo Albuquerque e Ricardo Heise, a “dupla emoção”…


4)      O que diz a nossa bola de cristal?

4.1. A notícia mais recorrente do ano

Segundo o CEPEA, as exportações de jan a out de 2013 foram 28% mais altas em volume que o mesmo período do ano passado. Agradeça aos gringos. Isto vem sendo muito positivo para o boi este ano e para a sua Fazenda, consequentemente.

Isto é comprovado em números. É normal haver uma queda forte da @ após períodos de alta vertiginosa… Só para se ter uma ideia, em 2010 e 2011 tivemos arrancadas fortes da @, tal qual ocorreu em 2013. Quando a tendência se inverteu e a queda começou, em 2010, a @ caiu aproximadamente 14%, em 2011 aproximadamente 8% e em 2013 apenas 3%…

Vários fatores contribuíram para isto, e a exportação é um deles! Outro número interessante: em nov/13, enquanto o boi segue tendo variação positiva de aproximadamente 1%, os concorrentes estão em queda (suíno -6% e frango -1%).

O que fica de saldo de tudo isto? Resp.: iniciar uma safra com quase o mesmo preço do pico da entressafra (mesmo depois de uma alta vertiginosa) é muito positivo!!!

4.2. Z13 > X13

Pressão de alta? Sim, para a bolsa de mercadorias e futuros, sim. A bolsa inverteu o que vinha dizendo desde o início do ano e agora coloca o mês de dezembro (Z13) em um nível de preço maior que o mês presente (novembro, X13).

Pelo que estamos vendo, com exceção do “nortão” que está com escalas tranquilas, aquele cenário de estabilidade/alta leva a moderada, firmou-se de vez.

A carne no atacado, grosso modo, o principal produto vendido pelo frigorífico, valorizou-se de 01/nov para cá algo como R$ 3,50/@, enquanto que a @ subiu neste período apenas R$1. Este fato está dando fôlego para as indústrias e está minando a necessidade de impor quedas mais fortes para a @ neste momento.

A “folhinha” e o consequente “Natal de Peão” podem ajudar a manter o preço, como foi dito no texto da semana passada.

Temos que entender que a realidade das nossas Fazendas é regional, mas a realidade do frigorífico é global… Tem regiões do País com escalas folgadas e arroba “bamba”. E a carne anda, “em cima do tal do caminhão”…

Por isto, para nós, nada de euforia. Este fato de o frigorífico não conseguir emplacar uma queda grande da @ após a alta pujante de ago a out/2013 já é um “baita” presente de Natal.

Apenas isto. Daí a manutenção do status do nosso BeefRadar e o título deste, antologicamente definido pelo Ricardo Heise. Nada mais estável (e parado) do que um Saci em cima de um patinete.

Como produtores, gostaríamos de acreditar que este patinete fosse motorizado, tal qual o presente de Dia das Crianças de meu filho, mas infelizmente acredito que o que está fazendo o Saci (boi) se mover levemente para frente (cima) é apenas um leve “vento de cauda” (oferta ainda “capenga”), termo que aqui emprestamos como uma luva da aeronáutica.

A nossa “cabeça” como analista fica por aqui, é esta… Porém, a nossa esperança como produtor é ver este Saci (boi) a mil por hora, em cima de um patinete elétrico!!! Que a nossa esperança de produtor seja mais verdadeira que a nossa cabeça de analista, é o que sonhamos!!!

Até o próximo, se assim Deus permitir…

 

 

rodrigo albuquerque
Compartilhe:


Mais sobre Links:



Páginas: 12


Home | A Região | Aprova | Projetos | Eventos | Associados | Notícias | Artigos | Classificados | Galeria de fotos | Vídeos | Parceiros | Fale Conosco
   © 2017 - Associação dos Produtores do Vale do Araguaia | Todos os direitos Reservados. Produzido por Web Criações