Home » Artigos

Atualizado em 18/02/2013 às 09:09

ENC: RES: RES: NOTÍCIAS DO FRONT - "bezerro de vaca gir"‏

Companheiros de Trincheira, Frase inspiradora do dia: “Bobo é o bezerro de vaca gir, que mama na maçã do peito e dá cabeçada na barbela´´ (Ricardo Heise, @Boi_invest) Como está o nosso teto (SP)? Semana no físico mais curta e de cenário praticamente inalterado. O indicador está orbitando um pouco acima de R$98, sendo que começou a semana com R$ 98,40 e acabou finalizando em R$ 98,02. Estável.


 NOTÍCIAS DO FRONT – “bezerro de vaca gir”

A pecuária Goiana e Brasileira numa visão de curto, médio e longo prazos,
por quem a vive e precisa de repostas imediatas (Edição de 17/fev/13 a 23/fev/13)
 
Companheiros de Trincheira,
 
Frase inspiradora do dia: “Bobo é o bezerro de vaca gir, que mama na maçã do peito e dá cabeçada na barbela´´ (Ricardo Heise, @Boi_invest)
 
Como está o nosso teto (SP)?
Semana no físico mais curta e de cenário praticamente inalterado. O indicador está orbitando um pouco acima de R$98, sendo que começou a semana com R$ 98,40 e acabou finalizando em R$ 98,02. Estável.
Da mesma forma o intervalo de negociação está “uma régua”, passando a maior parte dos dias para a arroba a vista entre R$ 97 e R$ 100. Sexta acabou fechando de R$ 96,50 a R$ 100.
De mais importante foram os rumores de negócios a R$ 101 ap, e que as escalas da próxima semana estão incrivelmente curtas, ainda por fazer de terça em diante, em muitos casos.
Este movimento de alta, quase maduro poderá ganhar novo fôlego... A ver.
 
E aqui, na terra do pequi???
                Finalmente novidades por aqui. E por mais que compradores de boi não confirmavam para mim, o que eu escrevi nas duas últimas semanasFINALMENTE ocorreu. Teimoso é quem teima comigo... Vejam: “este movimento de encurtamento da escala, aliado ao diferencial de base muito aberto nada mais é que uma avenida para frigo voltar um pouco de preço a mais aqui. Não que teremos uma disparada, mas R$ 1/@ a mais não é nada mal. O cenário para isto está montado”.
                Cenário montado e avenida aberta. Frigo tentou segurar isto, mas não deu, como prevemos.
E o aumento do boigordo saiu para desfilar na Avenida, em plena quarta-feira de cinzas. O balcão subiu R$2, foi para R$ 88av x R$ 90ap, com ágio de R$ 2 para boi EU. Nada mal, hehehe.
 
Hora do quilo (para “refrescar a cuca”)
Preço da terra no Brasil ainda vai subir mais” (Ricardo Amorim, via @Ricamconsult). Veja mais em:http://ricamconsultoria.com.br/news/entrevistas/precos_fazendas
Vale a pena ler o link. Nem o governo admite que haverá PIBÃO em 2013: http://www.estadao.com.br/noticias/impresso,pais-so-deve-ter--pibao-em-2014-admite-governo--,992734,0.htm
 
E o dia de amanhã?
Primeiro, temos que dizer, esta semana foi mais curta, de ressaca. Agora, ressaca brava mesmo, quarta-feira de cinzas ruim mesmo, foi para comprador de boi gordo. E a ressaca estava anunciada AQUI. Começaram a semana na quarta-feira (13/fev) precisando de boi para embarcar no domingo, hoje, dia 17/fev. Enquanto digito esta missiva, tem caminhão embarcando boi gordo comprado na quarta. Fato! Alguns recrutas, companheiros nos informaram.
Começaram a quarta oferecendo R$ 2/@ a mais. E para frigo aumentar R$2 “de uma tacada só”, FATO RARO, é que a coisa tá complicada em termos de oferta. E os primeiros negócios neste valor ainda vieram acompanhados de um pedido de sigilo. O primeiro produtor que me informou isto, fez o certo: se cadastrou no CEPEA para passar os preços. E não é a toa que o CEPEA de Goiânia subiu e hoje mostra a máxima de R$ 92/@... Frutos desta missiva prosperando no mercado. Ficamos satisfeitos. Acho que humildemente contribuímos em algo para a nossa atividade.
Segundo, independente do que frigorífico fala ao telefone, a oferta segue PEQUENA, porém ajustada a DEMANDA. Caso a carne reaja “um pouquinho”, o boi gordo melhora muito. E a “Bela Adormecida da carne” começou a hibernar por volta dos R$ 6,30/kg de carcaça casada, o que dá uma arroba de R$ 94 a 95. Ou seja, só com a carne, o frigorífico paga com muita folga o boi de GO... E fica com um pequeno déficit no boi de SP, o que é normal, para ser recuperado com a venda do couro + sebo + miúdos + derivados + subprodutos. Por isto que digo e repito em letras garrafais: A MARGEM DA NOSSA TRINCHEIRA ADVERSÁRIA ESTÁ ALTA.
É verdade que está sendo testada agora, com este dólar em queda, mas está alta. Frigorífico que vende carne sem osso está tendo esta alta testada com mais intensidade agora.
Terceiro: o diferencia de base de GO com SP está em 9%. Ruim. Porém, como está aberto, GO e as demais praças tem um potencial de valorização maior. Nem precisa uma alta ocorrer forte em SP. Basta o boi de lá e do MS faltar de vez, que as praças do Centro-Oeste tem boas possibilidades de valorização imediata. Este é o lado bom de estarmos numa situação já ruim. Ela só pode melhorar. Lembram-se da roda gigante? Espaço para melhoras há. E esta semana já ocorreu isto. Ou seja, SP “não mexeu quase nada no preço”, mas aqui houve recuperação clara e nítida. Pode e deve haver mais. Só para lembrar, SP está bem perto do máximo preço da entressafra, mas você vende seu boi na melhor das hipóteses cerca de R$ 8 abaixo do melhor preço que vendeu na entressafra. Veja que potencial para alta!
Quarto: vamos falar de escala. “Ah, Rodrigo, escala qualquer um sabe o que é isto...” Nada disto, vamos pontuar primeiro.
Cada um com a sua definição, mas para mim escala é a quantidade de dias que você precisa esperar para abater o seu gado, contados entre o dia da ligação da venda e o dia do abate, sem contar ambos. Exemplo: quem vendeu boi na quarta de cinzas, como alguns recrutas companheiros, para abater na segunda, vendeu com 2d úteis de escala. Ou seja, quinta e sexta. Para mim é assim que se conta escala. Afinal de contas, você liga em frigo para vender boi...
E falando nisto, esta semana ocorreu um fato que é o tema principal deste informe armado. É o que chamo de vários nomes, escolha o seu preferido:
1.       “escala coração de Mãe”: sempre cabe mais um lotinho na semana que estava “lotada”;
2.       “escala queijo suíço”: toda cheia de furinhos e repleta, não de boi, mas de ar;
3.       Ou ainda, o “milagre da multiplicação dos bois”;
Temos que entender que escala curta para frigorífico é a fragilidade de negociação escancarada. E escala folgada é a certeza de que compra com mais poder.
Numa guerra, esqueça o que o seu oponente de trincheira diz. Mas jamais ignore o que ele faz. Interprete suas atitudes e assim se posicionará melhor. Sangrará menos.
Entenda o que quero dizer: frigorífico começou a semana com 2d úteis de escala (exemplo acima e real, passado a mim por um de nossos competentes recrutas) e terminou com 3d úteis (também afirmo que são APENAS 3d, pois eu mesmo vendi bois à R$ 92 com esta escala). Normal. Frigorífico estava com dor de barriga na quarta de cinzas. Abriu R$2 de alta e tinha que comprar mesmo um pouco. Saiu de 2d e foi para 3d. Normal. Curou a dor de barriga, mas não pode ousar ficar ainda a mais do que 15 min de um banheiro...
Mas.... Mas.... Eis que surge a notícia... O Papa renunciou? Não, são as escalas...
Milagrosamente, as escalas “estão no dia 25/fev” quando você, recruta, liga para eles. E vou te chamar de RECRUTA ZERO se você acreditar neles. ZERO é a nota que você merece!
Eles estão usando as 3 escalas que eu citei acima. E estão fazendo certinho a lição de casa deles. Nada de xingá-los. Eles estão certos. Você é que está errado em acreditar. Coloque-se no lugar deles. E os entenda!
Funciona assim: eles fecham 70 a 80% da escala, muitas vezes, nem isto, pois abatem menos da capacidade, e passam para o dia seguinte. Dão uma turbinada na escala. E olha que ainda tem muita vaca ajudando a escala em mais de 50% em GO... Já em SP isto não está ocorrendo.
Vamos aos fatos: eu mesmo liguei para 3 plantas no final da semana. Uma delas me pontuou a escala corretamente (3d úteis). Outras duas me disseram que a próxima semana estava “toda cheinha”. E querendo já voltar o preço do boi de R$1 a R$2 para baixo. Bom, conversa vai, conversa vem, e com ambas saiu: “olha, Rodrigo, tem um espacinho aqui na próxima semana ainda, e dá para colocar as suas carretas nela e como vou, desta forma, fechar a semana, dá para te pagar ainda o R$ 92ap no seu gado”. Sinceramente! Sem comentários.
Eles querem que você saia alardeando para a nossa trincheira que “apareceu boi em GO” e que o preço... hum... sei não..., porque vai entrar a quaresma, etc, etc.”
Saiba você, que tem planta grande aqui em GO que amanhã e depois, dia 18 e 19/fev, vai abater só 50% da capacidade. Esta mesma planta, está com escala do tipo “coração de Mãe” para o dia 25/fev e quem sabe “fora das compras” no início da próxima semana...
Escala longa falsamente é a oitava maravilha do mundo para frigorífico, e fica melhor ainda se você acreditar nela!
A nossa vaca gir é boa de leite, mas experta demais. Teima em nos oferecer a maçã do peito. Resta saber se você vai acreditar nela e dar cabeçada na barbela, entregando seus bois mais baratos transformando a escala “queijo suíço” em uma escala realmente cheia e com bois mais baratos.
 
E aí? Você tem dado muita cabeçada na barbela ultimamente?
 

 Méd.Vet. Rodrigo Albuquerque - CRMV-GO 04872
Contatos via Twitter: @fazendaburitis
ESPÍRITO DA APROVA: Farms here, forests here, and #boigordo here! Yes, we can!

“publicado também no site www.beefpoint.com.br”
 
 
rodrigo albuquerque
Compartilhe:


Mais sobre Links:



Páginas: 12


Home | A Região | Aprova | Projetos | Eventos | Associados | Notícias | Artigos | Classificados | Galeria de fotos | Vídeos | Parceiros | Fale Conosco
   © 2017 - Associação dos Produtores do Vale do Araguaia | Todos os direitos Reservados. Produzido por Web Criações