Home » Artigos

Atualizado em 28/01/2013 às 16:16

NOTÍCIAS DO FRONT - "Até quando?"‏

Batalhadores do “Front Bovino”, Frase inspiradora do dia: “Quem move o mundo são as perguntas e não as respostas” Quando se está passando por um momento difícil na vida, no trabalho, mas se vê que há um horizonte limpo na frente, enfrentamos o difícil momento presente com mais ânimo. Isto se aplica à pecuária deste momento... Abaixo veremos o porque!


 NOTÍCIAS DO FRONT – “Até quando?”

A pecuária Brasileira, sobretudo Goiana, na visão do curto, médio e longo prazos,

por quem a vive e precisa destas repostas (Edição de 27/jan/13 a 02/fev/13)

 

Batalhadores do “Front Bovino”,

 

Frase inspiradora do dia: “Quem move o mundo são as perguntas e não as respostas”

 

Quando se está passando por um momento difícil na vida, no trabalho, mas se vê que há um horizonte limpo na frente, enfrentamos o difícil momento presente com mais ânimo. Isto se aplica à pecuária deste momento... Abaixo veremos o porque!

 

Como está o nosso teto (SP)?

Ainda sem muitas novidades reais em termos de preço, mas a firmeza, ou melhor, o sentimento de que o mercado vai “firmar” aos poucos, bem devagar ainda, vai ganhando mais força. Em termos nominais, saímos do fechamento anterior de R$ 97,31av e fomos para R$ 97,73av, quase no mesmo intervalo de negociação (R$ 95,50 a R$ 100).

 

O que chamamos atenção aqui é que na prática, o R$ 99 não existe, e não deve existir. Explico melhor: você, companheiro paulista do front, vende por R$ 98, mas quer vender por R$ 99?? É igual ir a Roma e não ver o Papa! É morrer na praia! Você vai querer logo o R$ 100! Esperamos que todos pensem assim, endureçam atrás da trincheira da sua Fazenda e guerreiem pelo boi de 3 dígitos. Aí sim, começaremos a conversa. E olha..., ele começa a sair, o relatório das praças do CEPEA de sexta mostra isto: boi de 3 dígitos com um pequeno prazo.

 

A BMF já não mostra deságio entre o contrato futuro do mês presente e o indicador. Olho atento. Sinal positivo. Muitas vezes a BMF antecipa em 15d o mercado físico...

 

E aqui, na terra do pequi???

De bom mesmo, só a chuvarada que varre as terras goianas neste janeiro de fazer inveja aos demais “JANEIROS” em termos de chuva. Está havendo um congestionamento de chuvas e garoas por aqui, graças a Deus!

 

A nossa arroba perdeu o R$ 89ap para o boi comum. O mercado está quase que “balizado na mesma toada”, igualzinho posto de gasolina, preço tabelado “para toda banda” no R$ 86av x R$ 88ap, com ágio de R$ 1 no boi EU (com muito esforço, e dependendo da distância da Fazenda ao Frigorífico, ainda se tem o boi EU de R$ 90).

 

Com isto nosso diferencial de base “mergulha em águas profundas” e já “belisca” os 10% de deságio frente arroba de SP. E pensar que a pouco mais de 2 meses tivemos diferencial de base positivo com SP ou bem próximo disto... Alertamos isto aqui e pelo nosso exclusivo BEEFRADAR (via SMS) diversas vezes. Era momento de venda. Igual a vender caso usado pelo preço de zero km. Infelizmente tive relatos de companheiros que tiveram oferta consistente da indústria pelo seu boi gordo naquela ocasião, mas não venderam... Fica a dica: “esqueça o erro, mas não a lição”.

 

E o dia de amanhã?

Algumas coisas queria pontuar aqui:

 

1.       Estamos neste nível de diferencial de base em função da enorme enxurrada de fêmeas no abate. Temos depoimentos de escala de até 65% de fêmeas, acreditem! O que falamos na semana passada aqui está acontecendo em um nível surpreendente até mesmo para o frigorífico. Com isto o boi fica sem força mesmo, apesar de não haver machos em volume prontos. As nossas escalas estão de 1 semana, querendo se alongar um pouco mais do que isto. Na quinta, dia 24, havia indústria que já tinha fechado esta semana que se inicia agora e estava comprando boi para o dia 04/fev.

 

2.       E digo mais, frigorífico tá “doidinho comprando carne”, será que ele sabe que depois que a enxurrada de vacas passar, teremos dificuldade de oferta e mercado firme??? VAMOS FICAR ANTENADOS COM ISTO. QUANDO FRIGORÍFICO FAZ ISTO, “BOTAR CARNE PARA DENTRO”, VEMOS QUE PODE HAVER SURPRESA PERTO. SERIA O FEVEREIRO UM ALENTO PARA NÓS?

 

3.       Fevereiro é um mês curto, são apenas 13 dias para a média da BMF começar a contar, como bem viu o Gustavo Figueiredo (@Gustavo_Fig, via twitter). Tem voltas as aulas e com menos abate, potencialmente, teremos enxugamento de estoque. OLHO ATENTO COM FEVEREIRO...

 

4.       A Bela Adormecida (carne) em um momento crítico... Desde ago/12, ela, representada pela carcaça casada do boi, tem um suporte de preço no nível do R$ 6,30/kg. Estamos perigosamente testando esta mínima, hoje nosso preço é de R$ 6,27/kg. Olho muito atento aqui.

 

E finalmente a reflexão. Ano passado, poucos analistas e textos no início do ano arriscavam-se a cravar que a fase de baixa do atual ciclo pecuário estava em pleno vapor. Agora já temos consenso de que vivenciamos isto. Semana passada, comecei a me questionar e a arriscar sobre quando será o final desta fase. Escrevi sobre isto aqui, traçando comparativos de hoje com o final do ciclo pecuário anterior.

 

O homem vive do presente, mas sobre tudo de esperança de melhora no futuro. Compartilho a ideia de que as perguntas são mais importantes que as respostas, pois elas são a locomotiva, as respostas são apenas os vagões. Os vagões são direcionados, já a locomotiva dá a direção.

 

Neste sentido está em curso no site beefpoint uma pergunta: “Até quando o ciclo pecuário ficará na fase de baixa?

 

Esta é a pergunta da vez para a pecuária, muito perspicazmente detectada pelo Beefpoint. Afinal de contas, é ruim saber que vivenciamos a baixa do atual ciclo, mas é igualmente ruim não sabermos, ou antevermos quando esta fase ruim acabará. E quem fizer isto, esta previsão de forma correta, ganhará muito dinheiro, certamente. Muito mesmo! Olho atendo aqui!

 

Sempre alicerçado em todas as fontes que a minha cultura ecumênica permitiu (tarô, astrologia, Mãe Dinah, búzios, umbanda, meteorologia, Santos, numerologia, espelho da Bela Adormecida -a carne-), deixei a minha opinião lá, veja em: http://www.beefpoint.com.br/cadeia-produtiva/giro-do-boi/ate-quando-o-ciclo-pecuario-ficara-na-fase-de-baixa/

 

De toda a forma, segue a transcrição do que está publicado no site: “A baixa tecnologia comum a maior parte da cria levou ao péssimo estado das pastagens destinadas as vacas (vemos isto nas estradas). Sendo assim os rebanhos de cria estão expostos as secas de maneira mais agressiva. Terras fracas sao destinadas para vacas, via de regra. As ultimas estações chuvosas nao foram fartas em regularidade, vide esta que estamos vivendo. A consequência sao muitas falhas, menos bezerros para venda e assim matrizes vão ao abate para manter renda. Cremos que isto (abate de matrizes) tenha começado no inicio de 2012, e que este movimento tenha sido turbinado pelo clima irregular das chuvas de set/12 para ca. Para mim, Sao Pedro esta encurtando este final de ciclo pecuario, acelerando o descarte de matrizes. Desta forma, 2012/2013 estariam para o ciclo pecuario atual, tal como 2005/2006 foram para o ciclo anterior. E para nossa sorte, o proximo ciclo deve se iniciar antecipadamente tambem, pois justamente em 2014 nosso momento economico interno deve ser tambem turbinado pela sequencia de eventos que teremos em nosso pais. Traduzindo em datas de maneira pragmatica e sem medo de errar, nosso atual ciclo encerra-se em 2013, ou seja, a fase de baixa encerra-se no final de 2013, iniciando o o ciclo pecuario novo em meados de 2014. Como o final ciclo atual sera antecipado devido a clima e pressao de custos, e o proximo ciclo antecipado devido a economia, deveremos ter um vale menos profundo de depressao de precos em 2013, bem como um intervalo de tempo menor entre o vale de precos deste final de ciclo e o pico de precos do proximo ciclo. Este intervalo foi de 4 anos no ultimo ciclo (2006 a 2010). Diria hoje que sera de 2 a 3 anos, ou seja, entre 2014 e 2015 poderemos ter uma arrancada da arroba, quiçá antes….”

 

Vale a pena deixar a sua também! Afinal de contas, quem divide uma ideia soma o conhecimento!

  Méd.Vet. Rodrigo Albuquerque - CRMV-GO 04872

Contatos via Twitter: @fazendaburitis

ESPÍRITO DA APROVA: Farms here, forests here, and #boigordo here! Yes, we can!


“publicado também no site www.beefpoint.com.br”

 

rodrigo albuquerque
Compartilhe:


Mais sobre Links:



Páginas: 12


Home | A Região | Aprova | Projetos | Eventos | Associados | Notícias | Artigos | Classificados | Galeria de fotos | Vídeos | Parceiros | Fale Conosco
   © 2017 - Associação dos Produtores do Vale do Araguaia | Todos os direitos Reservados. Produzido por Web Criações